www.arca.maisbarcelos.pt
NOTÍCIAS DE 2006

PRÓXIMAS ACTIVIDADES

 

III Torneio de Malha Individual

"Mano a Mano"
14 de Julho (Sábado, 14:00)

Parque da Cidade de Barcelos

 

Encenação da Lenda do Galo de Barcelos
21 de Julho de 2007

 

Participação na Feira das Associações
Agosto de 2007 - Parque da Cidade

 

 

LEIA TUDO SOBRE A PERSONALIDADE DA SEMANA: AMÁLIA RODRIGUES (clique aqui)


VEJA A IMAGEM DA SEMANA (clique aqui)

Webdesigner:

Liberto Miranda da Conceição



 
Imprimir esta página
PASSEIO "NA ROTA DO LEITÃO"
18/12/2006

                                                                           

Os sócios da ARCA tiveram a oportunidade de passear até à Tocha para aí comerem o famoso leitão da Bairrada. A viagem iniciou-se pouco depois das 8:30 e os participantes chegaram ao ponto de chegada às 19:30.

Este passeio contou com a participação de 45 sócios e foi com imensa alegria que todos acordaram neste Domingo para, uma vez mais, confraternizarem com familiares e amigos. Pois é, a ARCA começa a ser uma boa família que não fecha as portas a todos aqueles que queiram fazer parte desta saudável colectividade.

Capela de Santa Maria Adelaide

A primeira paragem ocorreu perto de Vila Nova de Gaia, mais propriamente na cidade homónima da nossa, Arcozelo. Nesta freguesia, a capela de Santa Maria Adelaide foi  visitada com grande afecto e carinho pela maioria dos convivas. Apesar de ser uma viagem de escopo laico, a religiosidade esteve sempre presente, pincelada com a boa disposição e humor de alguns dos presentes. Depois de sair do distrito do Porto, o autocarro conduzido pelo nosso amigo sr. Ferreira dirigiu-se de forma célere rumo a Aveiro.

Entrada para o museu da Princesa Santa Joana

Na cidade dos ovos moles, a viagem atingiu o seu pique cultural e, como não podia deixar de ser, religioso. Depois de se apearem do autocarro, os convivas tinham à sua espera uma visita ao Museu Santa Joana, fundado em 1911. 

A Princesa Santa Joana

A infanta D. Joana, filha do rei D. Afonso V, decidiu levar uma vida de recolhimento, tendo recusado inclusive três casamentos para se dedicar inteiramente a Deus. Por isso,  entrou para o Convento de Jesus, cujas dependências são ocupadas pelo museu, em 1472 e viria a falecer em 1490. Esta personagem real viria a ser beatificada mais tarde, em 1673. O túmulo com as ossadas de Santa Joana pôde ser visitado neste museu, de arquitectura rica pela sua heterogeneidade marcada pelas diversas tendências artísticas das épocas por que passou.

Este momento cultural foi do agrado de todos, apesar de ter retardado bastante a chegada à vila da Tocha, num momento em que os estômagos já suplicavam pela presença de um leitão à mesa. Pois bem, os comensais começaram a digladiar-se com fatias deliciosas do leitão bairradino por volta das 14:30. Foi comer até não poder mais.

Passado este momento, deu-se então a viagem de retorno, marcada, uma vez mais, pelo humor e pelos cantos de teor popular.

Os órgãos sociais da ARCA querem agradecer os participantes pelo bom ambiente que ofereceram a mais uma iniciativa, ficando a promessa que outras surgirão muito brevemente. 


MISSA E ROMAGEM AOS CEMITÉRIOS
26/11/2006

Os corpos gerentes da ARCA fizeram questão de participar na Missa de Cristo Rei na Igreja de Arcozelo.

De seguida, fez-se a habitual romagem aos cemitérios para homenagear os sócios já falecidos.

 

O dia começou cedo para os elementos da ARCA que assistiram, assim como muitos associados desta mui nobre associação, à missa de Cristo Rei na Igreja de Arcozelo. Seguidamente, fez-se a romagem anual aos cemitérios de Arcozelo, S. Veríssimo, Galegos (S. Martinho), Galegos (Santa Maria) e de Barcelos com o intuito de homenagear os sócios da ARCA já falecidos. A ARCA quer associar-se desta forma à dor e ao carinho que os seus familiraes tinham pelo seus entes queridos, pertencentes a esta associação. Por esta razão, não serão nunca esquecidos pelos membros que regem esta Associação. É um ponto de honra que muito nos orgulha. Bem hajam aqueles que nos deixaram.

 
 
PASSEIO CONVÍVIO A SANTO ANTÓNIO MIXÕES DA SERRA
21/05/2006
A ARCA organizou uma excursão à bela e pitoresca freguesia de Vila Verde de nome Santo António Mixões da Serra. Para além da sua paisagem este lugarejo é conhecido pela famosa Benção dos Animais que se realiza todos os anos a 13 de Junho, uma das festividades religiosas mais importantes do concelho e mesmo de todo o Minho.
 

A viagem teve um início bastante atribulado, pois a chuva e o vento não largou todos aqueles que esperavam usufruir do máximo da paisagem verdejante da pequena freguesia vilaverdense. A partida deu-se às 8 horas e teve a presença de mais de 60 convivas que lotaram por completo o autocarro fretado para o propósito. À chegada, os presentes foram recebidos com chuva e vento e a direcção desta associação improvisou um local abrigado para que as pessoas pudessem almoçar. O céu continuou cinzento até meio da tarde, momento em que os organizadores do evento aproveitaram para surpreender os presentes com sardinhas, barriguinhas e fêveras assadas, algo que agradou de sobremaneira todos os sócios e simpatizantes da ARCA. Na parte final do convívio, foi sorteado um presunto, que foi atribuído ao sr. Armando Silva, possuidor do nº 30, algarismo da sorte.

Para infelicidade de todos não houve tempo para outras actividades previstas no programa, muito devido ao cansaço. A viagem de regresso deu-se por volta da 6 horas e não houve quaisquer contratempos no percurso até Barcelos.

Liberto Miranda da Conceição

 
 
NOITE DE FADOS
24/04/2006
Para comemorar o 25 de Abril, a A.R.C.A. organizou uma noite de fados nas suas instalações, evento que teve bastante sucesso entre os presentes.

 

A Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo (ARCA) organizou no passado dia 24 de Abril, Segunda-feira, uma Noite de Fados. Esta iniciativa começou às 22 horas e decorreu na sede daquela Associação, na Rua Henrique Correia.

Enquanto os fadistas não subiram ao palco, os espectadores ouviram música popular portuguesa e puderam apreciar o ambiente aprazível criado através da colocação de velas e tochas no recinto do espectáculo.

A fadista Gisela foi a primeira a actuar e brindou o público prsente com alguns temas bem conhecidos, dos quais se destacam "Júlia Florista", a "Casa da Mariquinhas", "Cheira a Lisboa" e "Tudo isto é fado".

Esta artista dividiu o palcp com José Manuel que ao cantar o fado "Povo que lavas no rio", da falecida Amália Rodrigues, deixou muitos dos presentes emocionados.

A noite estava bastante agradável e convidativa a este tipo de convívio ao ar livre. O espaço contíguo à sede da ARCA foi pequeno para acolher as inúmeras pessoas que não quiseram perder a "Noite de Fados". Neste espectáculo não foram esquecidos os temas mais marcantes do 25 de Abril, pois o principal objectivo desta iniciativa foi, sem dúvida, comemorar o Dia da Liberdade.

Assim, depois da meia-noite, foram interpretados alguns cânticos da Revolução e esta iniciativa terminou com uma sessão de fogo de artifício.

Segundo Armando Costa, presidente da ARCA, "o principal objectivo da Noite de Fados é comemorar o 25 de Abril e é por isso que prolongamos esta iniciativa até à meia-noite para assinalar esta data. A Associação pretende trazer as pessoas à sede e proporcionar alguns espectáculos à população de Arcozelo. Esta iniciativa é única na freguesia e temos contado sempre com uma boa adesão dos habitantes".

Também Jorge Gonçalves, vice-presidente da Associação, se mostrou bastante satisfeito com o facto de ter "casa cheia a comemorar esta data histórica".

FONTE: Barcelos Popular, 27/04/2006

Texto de Sónia Mendes.